SAIA DO ALUGUEL: 7 PASSOS PARA VOCÊ SE PLANEJAR FINANCEIRAMENTE

Publicado em 15/09/2020 por Coralli

2020 está aí – quase na metade.

Como estão os seus planos? E os seus sonhos? E os seus objetivos de vida?


Se faz parte do seu planejamento sair do aluguel e conquistar a casa própria, é preciso se organizar – e se planejar – financeiramente. {certo?}


Não sabe por onde começar? Preste atenção nessas 7 dicas.

Pode parecer difícil {no começo}. Mas, não é. Acredite!


1. TENHA UM PLANEJAMENTO FINANCEIRO

Definir um planejamento financeiro significa colocar no papel os seus objetivos, metas e projeções futuras para prever desafios que possam acontecer no meio do caminho. Nele, é importante que você estabeleça um prazo e o valor que você pretende atingir.


IMPORTANTE! Se mantenha fiel aos seus objetivos.


2. OPTE POR UM ALUGUEL MAIS BARATO

Se você tem a intenção de comprar um imóvel é interessante que você economize no valor do aluguel. Se, por exemplo, você tem condições de pagar uma parcela de R$ 1.300,00, pode ser mais vantajoso alugar um imóvel de R$ 800,00 e aplicar os R$ 500,00 todo mês. Agora, não basta guardar esse dinheiro embaixo do colchão. Estude as possibilidades e conheça opções de investimento seguras e rentáveis para multiplicar o seu montante.


3. APRENDA A ECONOMIZAR

Gastar menos do que se ganha e cortar gastos supérfluos é uma premissa básica pra quem deseja sair do aluguel. Portanto, anote todas as entradas e saídas de dinheiro, avaliando se você não está desperdiçando. Além disso, encontre formas de cortar gastos e ajuste o seu estilo de vida para fazer o seu dinheiro render mais.


4. FAÇA O DINHEIRO TRABALHAR POR VOCÊ

Se educar financeiramente, buscando conhecer como o dinheiro funciona, é essencial para fazer o seu patrimônio crescer. Portanto, aprenda a investir. Neste caso, a poupança pode ser uma opção, no entanto o rendimento é muito baixo. Que tal então conhecer outras modalidades? Fundos Simples, Tesouro Selic, e os CDBs costumam ser ótimas opções para quem está começando.

Para decidir sobre o melhor, compare as taxas de rentabilidade e de administração. Mas, faça isso com paciência {para não se arrepender no futuro ao perceber que poderia ter ganhado mais dinheiro}.


5. ENCONTRE FONTES DE RENDA EXTRA

Além do salário que você recebe todo mês pelo seu trabalho, é interessante encontrar oportunidades de ganhar uma renda extra. Hoje em dia, com o advento da Internet, há muitas possibilidades, inclusive para que você aumente a sua renda sem sair de casa.

Você tem dois carros em casa? Já pensou em alugar um deles? Se não quiser alugar, pode ainda ceder uma carona e ainda ganhar por isso. O mesmo vale para qualquer objeto, seja ele um aparelho elétrico, uma bike ou uma prancha de surf. Há diversos aplicativos que intermediam as negociações. Vale a pena conferir!


6. APROVEITE FEIRÕES E INCENTIVOS DO GOVERNO

Quem deseja sair do aluguel e comprar a casa própria pode aproveitar os feirões de imóveis (FIQUE SEMPRE DE OLHO NAS REDES SOCIAIS DA CORALLI!). Você também pode usar alguns incentivos que o governo dá para a compra da casa própria.


7. MANTENHA O PAGAMENTO DAS CONTAS EM DIA

Evitar atrasos no pagamento é outra premissa básica de qualquer planejamento financeiro. Afinal, para quem deseja economizar, perder dinheiro com multas, juros ou correr o risco de perder os serviços não é nada recomendado.

Caso veja que não está conseguindo arcar com seus compromissos, é importante que você reveja seus gastos rapidamente para evitar o desequilíbrio financeiro. Além de criar uma bola de neve difícil de ser resolvida, estar com o nome sujo na praça pode inviabilizar você de comprar o seu imóvel. Portanto, saiba exatamente o quanto ganha e o quanto gasta para manter a sua qualidade de vida.


Agora que você sabe que é possível economizar para sair do aluguel, que tal encontrar o imóvel ideal? Nós temos várias opções. Conheça.

Nossos consultores esperam você para um café e uma conversa.


Fonte: Incorporadora Tropical


______ 

Leia também:

O SONHO DA CASA PRÓPRIA CADA VEZ MAIS PERTO: QUAIS DOCUMENTOS PODEM SER USADOS COMO COMPROVANTE DE RENDA? CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS.

SANTANDER AUMENTA LIMITE DO FINANCIAMENTO PARA 90% DO VALOR DO IMÓVEL. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS.