VOCÊ QUER COMPRAR UM IMÓVEL, MAS NÃO SABE POR ONDE COMEÇAR?

Publicado em 25/02/2021 por Coralli

Da escolha do imóvel à forma de pagamento, quantas coisas pra se pensar!

Por isso, estamos aqui pra ajudar.


DOCUMENTOS
Os documentos são fundamentais para garantir a regularidade do negócio, evitando problemas futuros. Portanto, devem ser separados com antecedência, além de analisados com bastante calma e atenção.

A forma de pagamento também tem influência na documentação que deve ser apresentada pelo comprador, principalmente por causa da análise de crédito e outras exigências para a liberação do contrato, em caso de financiamento.

VENDEDOR
A documentação do vendedor é importante para garantir a legalidade da venda do imóvel, impedindo possíveis fraudes.

Para ter mais segurança, vale à pena analisar os seguintes documentos do proprietário antes de comprar o imóvel:

•    RG e CPF
•    comprovante de estado civil (certidão de nascimento, casamento ou união estável)
•    certidão negativa de protestos
•    certidões negativas judiciais (trabalhistas, criminalistas e de execuções fiscais)
•    certidões negativas de tributos estaduais, municipais e federais
•    certidão negativa de interdição, curatela ou tutela do vendedor, obtida nos cartórios de registro civil

No caso do vendedor ser pessoa jurídica, além dos documentos citados acima, você deve requerer a documentação da empresa e dos sócios. É necessário pesquisar por:

•    contrato ou estatuto social, registrado na junta comercial
•    alterações feitas no estatuto ou contrato social
•    certidões negativas pertinente à pessoa jurídica

COMPRADOR
O comprador deve apresentar a seguinte documentação para a criação do contrato e da análise por parte do vendedor:

•    RG e CPF
•    comprovante de endereço
•    comprovante de rendimentos
•    comprovante de estado civil

DICAS PARA A COMPRA:


1. ORGANIZE-SE FINANCEIRAMENTE

Para encontrar a melhor forma de comprar o primeiro imóvel, é preciso realizar um bom planejamento financeiro.

É importante iniciar a busca pelo imóvel de forma antecipada, porém, é ainda mais decisivo começar a poupar dinheiro antes mesmo dessa procura, visto que, a depender da compra, podem ser necessários anos de economia.

Sendo assim, se você ainda não tem um bom dinheiro guardado, comece a se planejar o quanto antes. Concilie o seu orçamento, reservando uma parte do seu salário ao imóvel pretendido.

Você pode simplesmente guardar esse montante ou fazer outros investimentos com o intuito de acumular mais capital para investir em um imóvel futuramente.

2. CALCULE GASTOS FUTUROS

Em uma futura reforma, o valor dos gastos pode depender de muitos fatores, entre eles:

•    os cômodos que serão mudados
•    os tipos de mudanças efetuadas
•    os materiais que serão usados
Determinar um orçamento e fazer o cálculo dos gastos é extremamente importante para garantir que a obra seja iniciada e finalizada como desejado. Além disso, o planejamento serve de parâmetro para impedir uma despesa mais elevada de tempo e dinheiro.

Já para mobiliar o imóvel, é indicado se antecipar ainda mais, pois esse gasto implica um total significativo da quantia que você precisará dispor. Todos os cômodos deverão ser mobiliados antes da mudança, então, tenha esse custo em mente.

Ponha tudo no papel e organize suas despesas com a mobília do imóvel, assim, você evita surpresas desagradáveis na hora de comprar.

Você ainda tem alguma dúvida? Nossos corretores estão à sua disposição para um café e uma conversa!

Fonte: Guia de Investimento
https://www.guiadeinvestimento.com.br/dicas-para-quem-quer-comprar-um-imovel/

______
Leia também:

CONSÓRCIO DE IMÓVEIS: COMO FUNCIONA? CLIQUE AQUI E CONFIRA.

SAIA DO ALUGUEL: 7 PASSOS PARA VOCÊ SE PLANEJAR FINANCEIRAMENTE. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS.